quinta-feira, 14 de junho de 2012

CRIMINALIDADE


Carmenses vão a Cidade Administrativa em busca de maior segurança para o município


População carmense tem vivido momentos de angústia e medo, com assalto e furtos que vem acontecendo na cidade. Em menos de oito dias, três estabelecimentos comerciais foram arrombados e furtados, e um banco assaltado.
Na madrugada do dia 05/06, por volta de 01 hora e 30 minutos, o alarme da loja Comercial Lobato foi acionado. O proprietário do estabelecimento, juntamente com funcionários, chegou ao local por volta das 02 horas. Foi verificado que os dois cadeados que trancavam a porta da frente, mais o tambor da fechadura haviam sido arrombados. Os criminosos levaram do estabelecimento quatro televisões LCD, que estavam no mostruário da loja.
No mesmo dia, por volta das 12 horas, quatro homens chegaram à cidade em um veículo Honda, preto, entraram na agência do Banco Itaú, e um deles, que estava na fila, ao ser chamado anunciou o assalto, enquanto os outros renderam os dois vigilantes. Segundo relatos de uma das vítimas, que estava dentro da agência, os indivíduos estavam bem vestidos e fortemente armados. Eles adentraram no banco e disseram para as pessoas presentes continuarem agindo normalmente como se nada estivesse acontecendo. 
Os bandidos levaram as armas dos vigilantes e valor em dinheiro ainda não divulgado.
Já na noite de 10/06, a Loja de Móveis e Construções São José, também foi arrombada. A Polícia Militar foi acionada por Iago Santos Teodoro, que contou ter avistado dois indivíduos furtando sua loja, momento este em que gritou com os autores e ligou para o 190. Os bandidos, novamente arrombaram os quatro cadeados que dão acesso à loja. Nesse furto os criminosos levaram uma televisão LCD 32 polegadas, dois vídeo games Playstation 2 e um aparelho de DVD.
Mais uma vez, outro comerciante foi vítima de furto. O crime aconteceu na Loja da Fatinha, localizada na Rua 17 de dezembro, Centro. Os criminosos agiram por volta das 23 horas.  Eles arrombaram os três cadeados e o tambor da fechadura. Segundo relato de pessoa que estava próxima ao local, os três bandidos estavam em um Santana vermelho e não estavam armados. Um deles entrou na loja para pegar as roupas, o outro ficou passando os produtos do furto para o terceiro bandido que estava dentro do carro.
Ainda segundo relatos, os bandidos assustaram-se com gritos de uma vizinha que acordou com o barulho e gritou com os criminosos. Os três fugiram levando várias peças de roupas infantis.
Criminosos vêm agindo há meses
Nos meses passados, vários crimes como assalto e furto foram verificados no município. Um deles aconteceu no dia 17/05, dia no qual o empresário carmense Valério Silveira de Oliveira foi vítima de um assalto na estrada que dá acesso ao Laticínio Dateta, que é de sua propriedade. Nesse delito os bandidos agiram com violência, chegando a disparar três tiros com arma de fogo. Valério só se viu livre dos bandidos com a chegada do Padre Vanir José de Oliveira, que seguia na estrada para celebrar uma missa no Povoado do Quilombo.
No dia 30/04, véspera do feriado do “Dia do Trabalhador”, os bandidos furtaram, na cidade, dois veículos VW Gol.
Outro assalto foi registrado no município, no dia 23/04, no Povoado da Forquilha.  Quatro indivíduos encapuzados e armados pularam a janela da casa do Sr. Antônio José de Resende, o conhecido Tonico, e anunciaram o assalto. Os bandidos renderam a esposa e a mãe de Tonico. Durante o crime, os bandidos levaram um cofre contendo aproximadamente R$ 20 mil em dinheiro e R$ 10 mil em cheques.
Nos meses de março e abril, vários crimes foram registrados em Carmo da Mata, como assalto ao Posto São Jorge, furtos em uma sorveteria da Cohab, furto de ferramentas na Forquilha, de um tanquinho de lavar roupas no Riacho, bermudas na Loja Rede K-10, dinheiro no Bar Ladeira, dinheiro na Loja Xisto Construção e Elétrica, dinheiro na Casa da linguiça e merenda na Escola Nepthali Gonzaga de Melo
Medidas
No dia 15/05, o vice-prefeito Sinval Elias Rodrigues recebeu um ofício, assinado pelo deputado federal Jaime Martins, falando sobre seu pedido de recursos para a construção de um imóvel adequado para receber as instalações da Polícia Militar.
A resposta ao deputado veio através de uma análise assinada pelo Assessor Militar da SEDS – Secretária de Estado de Defesa Social, Ricardo Garcia Machado. Nessa análise consta que foi feito um estudo sobre a criminalidade em Carmo da Mata, mostrando que houve um aumento nos crimes descritos nas ocorrências, mas o principal, com 76 registros, ficou classificado como “Outras infrações contra patrimônio”, que se refere a todos os delitos contra o patrimônio, sem codificação específica, o que não figura como crime. Consta ainda no estudo que: “Nota-se que Carmo da Mata, no ranking do Estado, em 2011, ficou com índice de criminalidade na 344ª posição e o índice do custo de vida no 337ª. Portanto, é uma posição privilegiada, se comparado com outros municípios do Estado que possuem as mesmas características demográficas”.
 Foi concluído então, que o destacamento de Carmo da Mata está bem estruturado e as instalações físicas do quartel também estão boas.
Segundo o prefeito Milton Neto, a prefeitura vem fazendo o possível para melhorar a segurança da cidade. “Minha administração vem procurando ajudar, da melhor forma possível, a garantir a segurança dos carmenses. Só no ano passado a prefeitura gastou mais de R$ 25 mil com despesas de combustível, aluguel, telefones do quartel da PM. Estima-se que este ano o gasto seja ainda maior”, declarou o prefeito.
Também na busca de maior segurança para cidade, foram à Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, no dia 05/06, o presidente do legislativo, Leonardo Rodrigues de Almeida, o comerciante Jaques Silveira Mattar, representando o CONSEP- Conselho Municipal de Segurança Pública, José Rodrigues Quinto e o presidente da ACICAM – Associação Comercial, Marco Túlio Tormim. Os carmenses foram recebidos pelo Secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo de Carvalho Ferraz. Eles pediram ao secretário a possibilidade da troca do destacamento de Lavras para Divinópolis, o aumento do efetivo, recursos para a transferência do quartel da PM para a entrada da cidade e a adequação das viaturas policiais. Também foi apresentado a Rômulo um abaixo-assinado com 800 assinaturas de carmenses e mais de 200 empresários.
O secretário disse à comissão carmense que iria reunir-se com o Coronel do Batalhão de Lavras, Márcio Martins Sant’ana, e em breve daria um parecer sobre as solicitações. 

Um comentário:

  1. NICELENE DE OLIVEIRA15 de junho de 2012 15:57

    É ISSO AI SEGURANÇA PARA OS CARMENSES, QUE DEUS OS AJUDE....

    ResponderExcluir